Nossa história

crochearretado_1604151171602705.jpg

Em 2017 nos mudamos de Joinville para Florianópolis, e após alguns meses sem encontrar emprego e sem perspectiva de conseguir, decidimos criar a Crochê Arretado! Optamos pela palavra "Arretado" devido o fato de eu (Leyre) ser Cearense. A partir daí, o Matheus resolveu aprender a crochetar e logo começamos a produzir para poder começar a vender na feirinha do Centro. Estávamos muito felizes, apesar das dificuldades. Não tinhamos nem mesa para expor! Improvisávamos uma com um varal de chão coberto por uma folha de isopor e um lençol.
 

Continuamos assim por vários meses procurando sempre melhorar as exposições e passamos a participar de alguns eventos, além outras feiras pela cidade. No início a gente fazia apenas a reprodução de receitas de outras designers, conforme fomos adquirindo mais conhecimento, começamos a criar os padrões e hoje até fazemos personalizados baseados nas fotos dos clientes. Nossa jornada até aqui foi - e está sendo - longa e com muito esforço, e o apoio da nossa família e amigos é essencial! 
Seguimos trabalhando arduamente para proporcionar pequenas alegrias às pessoas que compram conosco. Estamos sempre em constante aprendizado em busca de aprimorar nossas habilidades para produzir cada vez mais produtos de qualidade. E nosso maior desejo é que o trabalho artesanal seja valorizado! 

Comecei a fazer crochê em 2016, depois que vi a foto de  Pokémon em amigurumi e decidi que precisava fazer um para mim. Na época não havia muitas pessoas que ensinavam pela Internet aqui no Brasil, e acabei aprendendo assistindo os vídeos que as artesãs de outros países publicavam, o que dificultou um pouco por causa da barreira dos idiomas. Por fim, após meses de "faz e desfaz", consegui concluir minha primeira peça: um sorvetinho. A felicidade ao vê-lo pronto foi imensa, e me deu mais gás para continuar aprendendo.

E isso permanece até hoje.

leyreellen_20210116_0.png
crochearretado_20210113_0.png